jump to navigation

Primeira aula de Dança do Ventre 06/03/2010

Posted by aluzvioleta in Uncategorized.
trackback

Semana passada, minha colega de trabalho (uma capricorniana tímida, ‘na dela’) me perguntou discretamente, na saída do trabalho, se eu poderia ir ‘bem ali um instantinho’… eu disse, é claro, onde? Ela me deu o endereço, ou seja, continuei sem saber qual era o nosso destino. Sem problemas…

Quando estávamos a caminho, descobri que iríamos a um studio de dança do ventre, ela queria conhecer, ter informações, ‘pra ver como é que é’.

Eu adorei de cara. O ambiente aconchegante, em tons quentes, decoração árabe e egípcia, lenços, instrumentos musicais antigos, almofadas e tapetes ricamente decorados… um pedaço do Oriente no coração de Brasília.

E lá vem a professora, uma moça de sorriso iluminado e longo cabelos lisos, num ‘que bom que vc veio, eu te conheço, lembra de mim?’ … eu fiquei confusa porque tinha ido a um restaurante árabe e vi uma apresentação da dança do ventre, mas ela não me pareceu ser uma das dançarinas. Pois é, não era mesmo. Será que andamos nos esbarrando numa viagem astral ao Egito????? rsrsrsrsrsrsrsrsrs

Resultado da ‘visitinha’? Chegamos no trabalho no dia seguinte, resolvidas a ter aulas de dança. Convencemos mais duas. Começamos ontem… e a turma parece que só vai aumentar com nossa rede de amigas, conhecidas, amigas das amigas etc etc….

Eh, e a aula? Uma hora e meia tentando convencer o corpo a seguir os movimentos ondulantes e quase etéreos de nossa professora Dalilah (a mesma que ‘já me conhecia’). Minhas amiguinhas sofreeeeeram, tadinhas… mas com as dicas de se portar de forma mais feminina e com uma postura melhor, chegamos as quatro mais ‘poderosas’ no trabalho hoje. Já estamos soltando A Deusa Adormecida… imaginem quando essa mulherada já souber dançar alguma coisa parecida com a Dança do Ventre, afff!

O studio oferece excursões anuais ao Egito, ai, ai, ai… se eu pudesse já iria este ano… mas ano que vem eu vou! E espero já ter soltado a minha Deusa Interior, que anda amarradinha num corpinho meio endurecido pelo dia-a-dia competitivo de labuta por um lugar ao sol, num mundo de energia eminentemente masculina!…

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: