jump to navigation

Se o amor está em seu coração… 20/03/2010

Posted by aluzvioleta in Uncategorized.
trackback

Eu sou um poço de inexperiência, bem sei!

Mesmo assim, já aprendi algumas coisinhas sobre o AMOR, o verdadeiro:

Se alguém te agride (com palavras, atitudes ou ações) sob a justificativa de que foi por amor, não acredite nisso. O amor não fere. Isso não é amor, é baixa auto-estima e insegurança, descarregadas sobre você, pobre vítima…

Se alguém tem crises absurdas de ciúme e te sufoca, te aprisiona, faz cenas e chantagens dizendo depois, com cara de cachorro pidão, de que foi um surto porque te ama demais, não acredite. Isso não é amor, é obsessão.

Se alguém pede para você abandonar seus sonhos, seus amigos, sua família e seus projetos como condição para ficarem juntos e diz que valerá a pena, pois te ama muito, não acredite, isso não é amor. É egoísmo puro e uma forma de prisão, para que você não tenha para onde ir ou a quem recorrer quando cair em si.

Se alguém critica seu corpo, sua personalidade, sua inteligência mas diz que te ama, não acredite, isso não é amor. O amor não critica, o amor constrói e só quer ver o bem, o sorriso e o crescimento do ser amado.

Se alguém é cruel contigo, faz jogos psicológicos e um dia está maravilhoso, e no outro dia te destrata e te humilha, mas jura que te ama, que faz isso por paixão, fuja! Isso não é amor nem tampouco paixão. É patologia, e essa alma doente, um dia, te deixará doente também, caso você não se proteja e se afaste.

O amor é respeito…

O amor é realista, ama o que você verdadeiramente é, com seus pontos fortes e fracos.

O amor é construtivo e edificante…

O amor confia, estimula e rejuvenesce!

O amor é amizade, companheirismo, compreensão, acolhimento.

O amor sabe equilibrar os interesses e diferenças de ambos, buscando o entendimento e a harmonia.

O amor sabe lidar com as crises e diferenças, e sobrevive a elas.

O amor não dói, e sabe ser magnânimo quando não é correspondido, pois o bem do ser amado é maior do que o seu desejo de ser correspondido.

Enfim, o amor é Divino, é Luz, é Plenitude do ser.

E eu não aceito menos do que isso na minha vida!🙂

%d blogueiros gostam disto: